BREVE HISTÓRICO  
FESTA NACIONAL
DA MAÇÃ

Esta festa surgiu diante da necessidade de fomenta a comercialização da maçã, e como evento de divulgação de nosso município, fazendo assim um marketing para os meses de inverno. A realização da “Exposição Agropecuária de São Joaquim”, que apesar de ser ainda uma pequena festa de interior, consolidou-se, com grande aceitação do público visitante, e dos municípios em geral. Desde então a cada edição foi firmando-se com evento tradicional, imperdível, para passeios, realização de agronegócios e troca de informações técnicas.

► 1ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA  
  (1ª FESTA OFICIAL) -  23 DE ABRIL DE 1952  

A 1ª Exposição Agropecuária de São Joaquim era modesta, mas trouxe ao município a primeira visita de um chefe de Estado; o governador de Santa Catarina, na época Irineu Bornhausen. E a recepção de Irineu foi feita pela Banda Mozart Joaquinense. O então deputado federal Leoberto Leal e o jornalista Rubens de Arruda Ramos também foram presenças ilustres no evento.

Prefeito Municipal: Sr. Ismael Nunes.

 

2º EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA
  04 DE ABRIL DE 1954  

O Governador do Estado Irineu Bornhausen veio novamente à cidade para a 3ª exposição agropecuária de São Joaquim. A atração principal era a Exposição de Maçãs, que chegavam a 450g. de peso, prometendo o sucesso da região na produção da fruta. Neste período já contavam com um maior número de produtores que acreditavam na expansão do negócio.

Prefeito Municipal: Sr. João Inácio de Melo

 

1ª FESTA MUNICIPAL DA MAÇÃ
  18 DE FEVEREIRO 1956  

Dois anos depois a festa mudou de nome, e passou a ser denominada “FESTA MUNICIPAL DA MAÇÔ. Esteve presente o Sr. Governador do Estado Sr. Jorge Lacerda. Cabe a observação que a faixa usada pela rainha desta festa foi pintada pelo artista plástico de renome nacional “Martinho de Haro”.

Prefeito Municipal: Sr. João Inácio de Melo.

 

2ª FESTA MUNICIPAL DA MAÇà 
  FEVEREIRO DE 1958  

Acompanhando o volume crescente de interesse pelo evento, passou a denominar-se Festa Agropecuária e Festa da Maçã, tendo sido visitada pelo Governador na época, Jorge Lacerda. Despertando o interesse das autoridades nacionais como feira de negócios, e o produto maçã já começando a se firmar no mercado, o então presidente da República Sr. Juscelino Kubitschek enviou para visitação a festa seu representante o Sr. Augusto Fragoso.

Prefeito Municipal: Sr. João Inácio de Melo.

 

3ª FESTA MUNICIPAL DA MAÇà 
  FEVEREIRO DE 1964  

A festa continuou com as mesmas características das anteriores, buscando difundir cada vez mais o produto “maça”, que agora já tinha sua produção em nosso município com expressão, gerando renda ao nosso agricultor e divisas ao nosso Município.

 

4º FEMAPE 
  10 A 18 DE ABRIL DE 1974  

 Dez anos se passaram até a IV edição da Festa da Maçã e da Pecuária.

Prefeito Municipal: Sr. Egídio Martorano Neto.

 

5ª FEMAPE  
  ABRIL 1976  

Neste ano cada uma das 200 mil macieiras espalhadas pelos pomares dos pequenos produtores de nosso município, produzia cerca de 20kg de maçã, mostrando a capacidade de produção e qualidade de maçã joaquinense. A 5ª FEMAPE contou com a presença de 30 expositores/produtores, tendo neste ano uma produção de 4.000 toneladas.

Prefeito Municipal: Sr. Joaquim Godinho dos Santos.

 

1ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  01 A 09 DE ABRIL DE 1978  

O ano de 1978 traz o nome definitivo: “Festa Nacional da Maçã” coroando ainda mais os produtores da região, que já produziam cerca de 18 mil toneladas, um crescimento galopante se comparado com a safra de 1977, e representando 50% do mercado nacional. O evento, realizado sob intenso frio, contou com a Presença do Presidente da República Ernesto Geisel – o 1º Presidente da República marcou presença na festa e iniciando uma sequência de visitas presidenciais – acompanhado de quatro Ministros e um Senador, que chegou a cidade na manhã de 1º de Abril, coincidindo com a primeira geada do ano, sob um frio de quatro graus, às 10 horas da manhã. O presidente permanece 5 horas no município, visitou o pomar da Estação Experimental – EPAGRI, e o pavilhão da maçã.

Prefeito Municipal: Sr. Rogério Tarzan Antunes da Silva.

 

2ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  02 A 11 DE ABRIL DE 1982  

Tomando rumos e dimensões cada vez maiores, em 1982, a 2ª Festa Nacional da Maçã foi aberta pelo Ministro Amauri Estabile, juntamente com o Governador Jorge Bornhausen, que, naquela oportunidade inaugurou várias obras importantes, como o acesso asfáltico ao Parque.

Prefeito Municipal: Sr. Rogério Tarzan Antunes da Silva.

 

3ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  23 DE MARÇO A 1 DE ABRIL DE 1984  

O Presidente João Batista Figueiredo abriu a festa e, mais tarde, deixou a marca do seu governo, inaugurando a SC – 438, trecho que liga São Joaquim ao Rio Lavatudo. Acompanhando o Presidente estava o Ministro da Agricultura Nestor Jost, que foi encarregado de discursar pelo Presidente.

Prefeito Municipal: Sr. Prudente Cândido da Silva.

4ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  05 A 11 DE ABRIL DE 1986  

Segundo o jornal O Estado, de Florianópolis – SC, 323 produtores eram responsáveis por dois mil hectares plantados com macieiras, técnicos da ACARESC ( hoje Estação Experimental da EPAGRI) estimavam uma produção nacional de 164.412 toneladas. O pavilhão da maçã, mel, equipamentos e máquinas agrícolas. E trouxe a presença do Governador do Estado Esperidião Amin.

Prefeito Municipal: Sr. Prudente Cândido da Silva.

 

5ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  08 A 18 DE ABRIL DE 1988  

A 5ª Festa contou com 74 expositores, entre produtores de maçã, mel, equipamentos agrícolas, e sob o frio de sete graus, o Presidente José Sarney, recepcionado por 18 Prefeitos da região, descerrou as festividades de 1988. Nem o mesmo a estiagem, que provocou perdas de até 50% da safra de verão/88, desanimou os produtores e organizadores, que contaram com a presença do Ministro da Agricultura, Íris Resende, com o Ministro da Ciência e Tecnologia, o catarinense Luiz Henrique da Silveira, juntamente com o Governador Pedro Ivo Campos.

Prefeito Municipal: Sr. Prudente Cândido da Silva.

 

6ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  06 A 14 DE ABRIL DE 1991  

A festa de 1991 trouxe o 4° Presidente da República, Fernando Collor de Mello, para abrir suas comemorações, que foi recepcionado por mais de 15.000 pessoas e 80 Prefeitos. A produção da maçã joaquinense já atingia 50 mil toneladas e a batata-semente se tornava a segunda fonte de divisas do município, produzindo 450 mil caixas. A IV Feira do Mel, paralela a Festa da Maçã, anunciava à produção municipal de 180 toneladas neste setor.

Prefeito Municipal: Sr. Rogério Tarzan Antunes da Silva.

 

7ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  04 A 12 DE ABRIL DE 1992  

Procurando desenvolver, promover e focalizar agronegócios, a 7º Festa Nacional da Maçã buscou trazer também a região a melhoria e reciclagem do conhecimento na área, organizando visitas à sede da Cooperativa Agrícola de Cotia, em São Paulo, pa matriz do Banco Bradesco, em Osasco – SP, ao Ministério da Agricultura, em Brasília e a Diretoria de Recursos Humanos e Presidência do Banco do Brasil e Caixa Econômica. Com este trabalho de divulgação foram realizados nesta edição muitos negócios, de cooperação e conhecimento.

Prefeito Municipal: Sr. Rogério Tarzan Antunes da Silva.

 

8ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  26 DE MARÇO A 03 DE ABRIL DE 1994  

Em 1994, Silval Guazelli, Ministro da Agricultura representando o Presidente Itamar Franco, fez a abertura da 8ª Festa Nacional da Maçã, que teve o seu ponto mais importante na homenagem ao pai da variedade Fuji e grande colaborador da macieira em São Joaquim, Kenshi Ushirosawa.

Prefeito Municipal Sr. Joaquim Anacleto Rodrigues Neto.

 

9ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  27 DE ABRIL A 05 DE MAIO DE 1996  

O Sr. Odacir Klein, Ministro dos Transportes fez a abertura da festa, que movimentou a agricultura do sul do país, consolidou agronegócios, organizando e fortalecendo a economia regional. Frequentada por milhares de pessoas, contou com a presença do Governador Paulo Afonso Evangelista Vieira. O desfile de abertura narrou a colonização joaquinense, às etnias, alemã, italiana, afro e portuguesa, além de outras entidades, representaram nosso povo seus usos e costumes, enaltecendo a produção da maçã. Foi marcada ainda pela inovação de se incluir Seminários Temáticos durante a Festa ocorreu o 1ª Seminário da Maçã e Pera.

Prefeito Municipal: Sr. Joaquim Anacleto Rodrigues Neto.

 

10ª FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  14 A 22 DE ABRIL DE 2001  

A virada do novo milênio chegou acompanhada de desafios, dentre eles, a realização da X FESTA NACIONAL DA MAÇÃ que ressurge inovada e pulsante, visando trazer tecnologia e inovações do setor, aos pequenos e médios produtores da região, como também a pluralização da economia regional, através de um grande evento de negócios.

Depois de cinco anos sem ser realizada, voltou com força total e foi um sucesso em todos os sentidos, demonstrando que ainda continua sendo um forte evento, contribuindo para o desenvolvimento de toda a região serrana, através do volume de negócios que aqui se realizaram e também dos seminários técnicos que agora passam a fazer parte da programação. Na abertura da festa contou-se com a presença do Governador do Estado Espiridião Amin, Deputado Sandro Tarzan. O Ministro da Agricultura Pratini de Moraes abriu os Seminários Temáticos. Por aqui passaram milhares de visitantes de vários lugares do Brasil, conhecendo e provando da nossa deliciosa maçã.

Prefeito Municipal: Sr. Newton Stélio Fontanella.

 

11ª FESTA NACIONAL DA MAÇà  
  27 DE ABRIL A 05 DE MAIO DE 2002  

Transformando-se numa feira Anual de Multieventos, a 11ª edição da Festa Nacional da Maçã, foi realizada no ano de 2002 com uma presença marcante de público, graças a inúmeras atrações do evento: Exposições, Concurso de Qualidade de Maçã; Concurso Gastronômico da Maçã; Rodeio Crioulo Nacional; 04 Seminários Técnicos sobre Pecuária, Fruticultura de Clima Temperado, Apicultura e Turismo; Arrancadão de Pick-Ups; Encontros de Motos; Feira da Novilha e Gado Geral; apresentações de Rodeio de Peão de Boiadeiro e mais 40 shows musicais, humorísticos e infantis.

Graças a uma organização mais aprimorada, alcançou grande repercussão na mídia nacional, sendo o motivo de matéria em Jornais como O Estado de São Paulo, O Globo, Folha da Tarde, Estado de Minas, Correio Brasiliense, além de inúmeros outros órgãos de imprensa.

Ficou ainda caracterizada com um evento de negócios, com muitas empresas instaladas nas áreas Industrial e Comercial.

Prefeito Municipal: Sr. Newton Stéllio Fontanella.

 

12ª FESTA NACIONAL DA MAÇà
  25 DE ABRIL A 04 DE MAIO DE 2003  

Consolidada como o 3º maior evento do Estado de Santa Catarina, a 12ª Festa Nacional da Maçã, realizou neste ano a 1ª Nevada da Canção Nativa, onde o nível do concurso superou a expectativa dos participantes e do público, Concurso de Gastronomia de maçã, Rodeio Crioulo nacional, 03 Seminários Técnicos sendo Fruticultura, Turismo e Tecnologia da Informação, eventos paralelos, enduro de motos, Feira da Novilha e Gado Geral, Apresentação do Rodeio Peão de Boiadeiro, Shows Nacionais como: Roupa Nova, Engenheiros do Hawaí, Comunidade Nin Jitsu, Detonaltas, Maurício e Mauri, entre outros: Shows Nativistas, Show Musical Infantil Gauchesco.

A difusão e a propagando foram fundamentais para que evento dessa natureza fosse realizado com sucesso absoluto.

Se quisermos projetar Santa Catarina no contexto nacional, onde o movimento econômico de uma região precisamos envidar esforços para que isso se caracterize.

A cidade de São Joaquim alcançou grande repercussão na mídia Nacional, estando presente em matérias na televisão, jornais, revistas, rádios e etc.

Prefeito Municipal: Sr. Newton Stélio Fontanella e Presidente da 12ª Festa Nacional da Maçã, Élson Kiyotaka Outuki.

13ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà - 30 DE ABRIL A  09 DE MAIO DE 2004  

São Joaquim é o Terceiro maior produtor de maças do país, na  13ª  Festa Nacional da Maçã um evento que movimentou a Serra Catarinense.  Na abertura oficial  contou com a presença de diversas autoridades como o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues que representou  o presidente  da República Luiz Inácio Lula da Silva; o secretário de Estado da Agricultura Moacir Sopelsa, que representou o governador do estado, Luiz Henrique da Silveira, além de deputados estaduais, federais, secretários de Estados  e prefeitos e vereadores de toda região. De forma paralela ocorreram diversos seminários técnicos e exposições. Os seminários tratam de assuntos relevantes para a economia do município e principalmente de interesse dos produtores rurais. 1º Seminário da Agricultura Familiar.  As exposições mostram um pouco do resultado deste trabalho e o Concurso de qualidade da maçã. 2º Nevada da Canção Nativa, diversos shows regionais e nacionais. Rodeio de  Pião de Boiadeiro,   Também integra a 13ª Feira da Maçã, promovida pelo Sebrae/SC, através do projeto Art Catarina, a feira tem como objetivo promover o associativismo e buscar espaços para comercialização do artesanato regional. Que envolve 1.200 pessoas de 14 municípios.  A artista plástica e escritora joaquinense Susana Scóss Bianchini, lançou o 2º Livro de poesias “Pelas Veredas da Vida”.   Apresentações de danças típicas e a 1ª Feira Estadual da Agricultura Familiar.

Prefeito Municipal: Sr. Newton Stélio Fontanella

 

► 14ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà  
  15 a 24 ABRIL  DE 2005  

A 14ª Festa Nacional da maçã valoriza artistas locais, escultores, pintores e artesões, em função da quantidade de artistas e obras, foram desenvolvidas mostras de pinturas, esculturas e de fotografias, dando uma amostra do talento joaquinense. Algumas de artistas já consagrados e outras de pessoas que estão saindo do anonimato. Aconteceu  Seminários técnicos com temas diversos que abordam assuntos importantes para a economia do município por atrair produtores e técnicos da região e de outros estados do país. Na ocasião esteve presente o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel  Rosseto, que  realizou o lançamento do programa que visa o  fortalecimento da  produção agrícola ecológica. 1º Seminário  sobre a Agricultura Familiar, 6º Seminário Nacional sobre Fruticultura de Clima Temperado, 1º Seminário de Pecuária e Seminário de Turismo.  

13º Rodeio Crioulo. 13º Torneio de Laço Internacional que recebe peões de vários estados brasileiros,  3ª Nevada da Canção Nativa, Lançamento do CD da Nevada da Canção Nativa II. Shows nacionais e regionais, exposições de maçãs de diversos municípios.

Prefeito Municipal: Sr. Newton Stélio Fontanella

 

15ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  19 a 23 ABRIL  DE 2006  

Dando um brilho mais especial a abertura da Festa Nacional com apresentação da Filarmónica da Prainha de São Roque Del Pico, comunidade açoriana, de Portugal, e realizou a confirmação ao pacto de cidades irmãs de São Joaquim e a referida comunidade portuguesa. Shows que trouxeram muita  diversão como nacionais, e séries de shows com as melhores bandas do sul do Brasil em todos os gêneros musicais. Neste ano de festa o que não faltou foi opção de gastronomia típica da região, receitas à base de maçã e da feijoa (Goiaba Serrana) e ainda degustar de um bom vinho, produto que a cada dia ganha mais destaque no cenário nacional pela sua qualidade e singularidade. Foi retomado o concurso de invernadas artísticas de diversos municípios que revitalizaram a tradição gaúcha. O grupo de tambores japoneses de São Joaquim, o Taiko que deu um ar de diversidade ao evento. E mais diversas etnias que formaram a herança colonial joaquinense. Outras atrações tradicionais e a Festa de Peão e Boiadeiro. Encontro da 3ª idade de diversos municípios que dançaram e se confraternizaram  em clima de saudosismo e boa saúde.  Um novo formato também trouxe nesta festa  foi a participação efetiva do comércio local. “É uma festa organizada para a comunidade joaquinense em todos os sentidos. É muito importante o envolvimento de todos os  membros da cidade, estudantes,  aos grandes empresários.  Seminários  temáticos abordando fruticultura, turismo, pecuária e agricultura  família,  atraem investidores e autoridades de várias partes do Brasil e Mercosul. Lançamento do Livro Poesia – Advocacia – Uma Rima Original por Nídia de Bem

Prefeito Municipal: Newton Stélio Fontanella

 

► 16ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  30 DE ABRIL A 04  DE MAIO DE 2008  

Na abertura da festa da maçã, teve a celebração de um culto ao estilo gaúcho pelo Mon Sr. Blévio Ozelame , com declamações, gaiteiros e danças. O governador em exercício Leonel Pavan, a senadora Ideli Salvati, deputados, rainha e princesas da Festa do Pinhão, além da Miss Santa Catarina e Miss Turismo, e demais autoridades fizeram presença na abertura . Apresentações  das  Invernadas Artísticas de São Joaquim e outros municípios com aproximadamente 100 integrantes, com apresentação no Jornal do Almoço registrado pela RBS TV. Apresentação das etnias japonesas, italianas e alemãs. Shows nacionais e regionais e varias bandas locais. Exposições de  maçãs , artesanatos. 

Prefeito Municipal: Newton Stélio Fontanella

 

17ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà
  17 A 26 DE ABRIL DE 2009  

A cada edição  a festa da maçã firma-se como evento tradicional , Missa Crioula, realizações de agronegócios e troca de informações técnicas, Seminários de Turismo Rural e Sustentável, Seminário de Meio Ambiente, Palestra  Professor Menegatti “O Desafio da Mudança” , Reunião Técnica sobre Fruticultura  de  Clima Temperado. A gastronomia é presença marcante na festa á base de ingredientes da região, como também os grandes shows nacionais e regionais. Entre as principais atrações o  Rodeio Crioulo Nacional. Concurso de Qualidade da Maçã. 4ª Nevada da Canção Nativa, Show de Humor “Causos da Serra”, apresentação Invernada Artística. Exposição Cultural e Exposição de Maçãs e vinhos, Lançamento dos Roteiros de Turismo da Serra Catarinense e Premio da Maior Araucária da Serra Catarinense.

Prefeito Municipal: José Nérito de Souza

 

18ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  16 A 25 DE ABRIL DE 2010  

Na 18ª Festa nacional da Maçã teve várias atrações, Missa Crioula, Feira do Gado,  5ª Nevada da Canção Nativa, Concurso  Nacional de Qualidade de Maçã, Concurso de Maior Pinheiro Araucária da Serra Catarinense – tema Maior Nó de Pinho,  Gineteada,  Palestra - “Pesquisa sobre Araucária”, Seminário Técnico Sobre Produção de Leite e Queijo Serrano, Seminário de Desenvolvimento regional -  Debate: O Futuro da Fruticultura na Serra Catarinense, Seminário Técnico Sobre Floresta mento e Reflorestamento, Seminário Regional  Sobre a Cura Alternativa Pelas Plantas, XXIX Feira da Novilha e Novilho, 14ª Rodeio Crioulo Nacional, Shows e bailes, shows nacionais e regionais, Exposições Culturais, Exposição de Maçãs e Vinhos.

Prefeito Municipal: José Nérito de Souza

 

19ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà
  03 A 07 DE MAIO DE 2012  

A Festa Nacional da Maçã deste ano teve como abertura Oficial o Encontro de Agronegócios da Maçã, Desfile Cultural com os Vestidos das ex-rainhas das Festas da Maçã e Etnias com carros alegoricos. 1º Exposição e Feira da Agricultura Familiar. Apresentação de Dança e Coral Musical – Alunos CAIC Fúlvio Amarante Ferreira. Palestras: Novo Código Florestal Palestrante João de Deus (UFSC).  Agricultura Familiar e Compensação Ambiental  Palestrante Dirceu Dresch (Deputado Estadual). Segurança Alimentar no Planalto Catarinense e Sementes Crioulas Palestrante Prof. Júlio César Pires Santos (CAV-UDESC).  1º Encontro Regional da Terceira Idade. Comemoração do Aniversário de 125 anos do Município. Desafio Radical com motos, carros, quadriciclos, jeeps e gaiolas em pista de terra. Shows Nacionais e Nativistas, bailes. 21ª Rodeio Crioulo Nacional. Mini cursos de degustação de vinhos  Exposição Cultural, gastronomia típica Serrana, Exposição de Maçãs e vinhos.

Prefeita Municipal: Marlene Kaiser da Rosa

 

20ª   FESTA NACIONAL DA MAÇà 
  20 A 24 DE ABRIL DE 2016  

São Joaquim vive a vigésima edição da Festa Nacional da Maçã. Autoridades de toda região serrana, estaduais e federais prestigiaram a cerimônia de abertura. O evento contou com a presença do Governador do Estado de Santa Catarina, João Raimundo Colombo, da secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional de São Joaquim, Solange Pagani, deputados federais, estaduais entre outras autoridades do presidente da Amures, prefeito de Rio Rufino Ademar de Bona Sartor.  A Festa Nacional da Maçã evento que valoriza os produtores e a cultura da região, além de apresentar shows nacionais e tradicionalistas e Festivais Gastronômico com comida típica, como mostrou o Jornal do Almoço da RBS TV.  19º Concurso Nacional de Qualidade da Maçã. Arrecadação de Alimentos não perecíveis para o Hospital de São Joaquim. Depois de três anos sem o evento, São Joaquim retoma a festa da maçã com parcerias público-privada para valorizar o produto local mais valioso, a maçã. O público pode conhecer as diversas qualidades da fruta e conhecer a produção da  II Exposição e Feira da Agricultura  Familiar, como os vinhos de altitude e o comércio em geral. 27º Rodeio Crioulo Nacional do CTG Minuano Catarinense. Seminário de Turismo SANTUR.  Provas Jeep Club Urso Polar .  Coral Vozes de Altitude.  Chá Beneficente em prol Hospital Sagrado Coração de Jesus, com Desfile de Roupas de Lã artesanais.

É uma festa um pouco diferente, procurando mostrar para Santa Catarina e para o Brasil um pouco de cada  coisa da nossa cultura, tradição e produção,
Um dos destaques da festa é a música nativista, que terá este ano a retomada da VI  Nevada da Canção Nativa, em um formato diferente, sem competição, só apresentações com músicos consagrados. Catorze músicas inéditas foram selecionadas para participar do evento.  I Encontro Nacional da Cultura da Maçã. 1º Concurso Artístico Alma da Serra. Missa Crioula.  Apresentação da Invernada Artística da 3ª Idade

Prefeito Municipal: Humberto Luiz Brighentti